Implosão às Torres ou ao País?

September 10, 2005

Já vem com dois dias de atraso, mas mais vale tarde do que nunca. Bem, creio que o que se passou ante-ontém no nosso País foi algo de extraordinário. Extraordinariamente triste. Eu não queria acreditar no que os meus olhos estavam a ver, mas infelizmente era verdade. Tivemos ante-ontém 4 (q-u-a-t-r-o) canais, dois deles generalistas, a darem em directo a implosão das duas torres de Tróia. Quatro canais em directo?! Como é possível?! Será que o nosso País é tão pobre em eventos ou outras notícias que têm de fazer um acontecimento tão normal (no nosso país não é tão normal quanto isso, ok. Mas é assim algo de tão extraordinário?) uma notícia que mereça esse destaque todo? Aceito que tenha um simbolismo forte (início simbólico da requalificação de Tróia) e que até abram os Telejornais com essa notícia e que a SIC Notícias e/ou a RTP N façam um directo da implosão em si, mas não 17 minutos (cerca de 38% do tempo global do próprio Telejornal) a falar da implosão nos Telejornais como aconteceu na RTP 1 e nem um directo tão ridículo como foi o da SIC Notícias em que após a implosão e as respectivas entrevistas ao Primeiro Ministro, Belmiro de Azevedo, etc., passaram para a zona V.I.P. onde se encontravam aqueles V.I.P.s que ninguém conhecia de lado nenhum e de onde o repórter dizia: “Estamos agora em directo da zona V.I.P. onde estão situados os comes e bebes e onde as pessoas irão descansar após a visualização da implosão…“. Descansar?! De quê?! Por amor ao Diabo, como diria o meu amigo Cabaça! Enfim. O que fazer. Creio que este episódio todo só mostrou o quão “rico” o nosso País verdadeiramente é.
Com tudo o que nos está a acontecer (uma quase recessão económica, seca, incêndios, desemprego, aumento da criminalidade, criminalidade nas estradas, aumento constante do preço dos combustíveis, aumento dos impostos, diminuição das exportações…), parece que o governo (e não só) estão a proceder à Implosão do próprio País…
Advertisements

3 Responses to “Implosão às Torres ou ao País?”

  1. Zita Says:

    Hello!
    Mas tu contas aqui a vidinha toda?!
    Quanto ao motivo do comentário, eu tenho reparado na mesma treta, só notícias sem conteudo ou interesse. P.Ex, o regresso dos emigrantes a França, o que é isso? Eles chegam todos os anos e partem todos os anos, sem espiga! Não vejo onde está o acontecimento relevante e digno de ser noticiado ao país.
    As torres em Troia, sim, eram dignas de abrir todos os noticiários, mas pararem as respectivas emissões, Por favor!!!, será o Zé POvinho tão vazio que 4 segundos sejam tudo o que há contar???
    DEsejo toda a sorte ao empreendimento, mas não quero esperar mais 6 anos pelo fim da crise económica!
    Como diria alguém (nao recordo quem), o futuro é aqui e agora!!

  2. Ric Jo Says:

    Hey! Só conto aquilo que me interessa contar, ou o que não tenha interesse em especial… lol
    Concordo, obviamente, com as tuas palavras. Que fazer num país neste estado? E nós, que agora estamos a iniciar a construção das nossas vidas num país que está no estado que está? Que tenhamos todos, muita sorte…já que oportunidades… nem vê-las!

  3. Pipas Says:

    Vai ser mais um grande empreendimento turistico,mais dinheiro pa se gastar.Tudo isto é bonito,mas construir mais escolas para dar emprego aos professores e melhorar o sistema de ensino nada e porque não construir novos hospitais e melhorar a saude ou investir nos combates aos incendios.
    Temos um grande país onde o rico é cada vez mais rico e o pobre cada vez mais pobre.
    Um abraço.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: